Hidratação

Se observarmos com atenção a nossa Roda dos Alimentos, constata-se que a água não integra qualquer grupo em específico fazendo parte de todos, daí estar na parte central da mesma assim como nos indica que a sua ingestão deve ser diária e nas quantidades certas.

De facto, a água apresenta inúmeras funções no organismo humano sendo algumas das funções principais as seguintes:

  • transporte de hidratos de carbono, vitaminas, minerais e outros nutrientes importantes;
  • auxilia na proteção das articulações e na manutenção dos músculos a funcionar adequadamente;
  • é ainda, essencial no processo da digestão, absorção e excreção;
  • tem um papel importante na manutenção da temperatura corporal;
  • a nível renal colabora na eliminação de resíduos, toxinas e excesso de nutrientes;
  • para o coração, é de extrema importância para uma função cardíaca saudável e na regulação da pressão sanguínea;
  • coopera para a prevenção e tratamento da obstipação.

As perdas de água ocorrem pelos rins, pela ingestão e eliminação de água na urina, fezes, sudorese pela ocorrência de libertação de suor e de perdas pela respiração e pele. Por estes fatores, é importante estarmos atentos à possível desidratação, isto é, à eliminação de água e de sais minerais do organismo. Esta situação acontece quando a porção de líquidos ingerida é inferior à que o organismo liberta.

A fim de, evitarmos a grave situação de desidratação devemos promover o consumo de água diário. Sabendo, contudo, que as necessidades de água variam ao longo do dia, tendo em consideração aspetos como a atividade física, a alimentação e a temperatura ambiente. A ingestão diária de água deve ser, primordialmente, através de água ou incluída nas outras bebidas (chá, sopas, água aromatizada, sumos de fruta naturais sem açúcar, infusões) e água presente nos alimentos.

Quando se pratica atividade física, também é extremamente importante manter o corpo hidratado. Antes do treino, deve ser privilegiado o consumo de pequenas quantidades de forma regular, já durante deve-se fazer uma adequada hidratação aproveitando pausas, de forma a não haver quebra de rendimento. No que se refere, ao pós exercício, obviamente a água também é importante na recuperação do esforço realizado e na reposição dos líquidos perdidos pelo suor.

Em suma, importa reter que a água é indispensável para a nossa existência, pois a sua carência inviabiliza a vida. Portanto, devemos beber frequentemente e, para isso, traga sempre consigo uma garrafa com água para não haver esquecimentos e ingira cerca de 1,5 a 2L de líquidos por dia.

Tenha mais SAÚDE e beba ÁGUA!

BEBA sem ter sede!

 
 
Ficheiro para download:    1-12.jpg
«Voltar